Crescimento

Como aumentar a receita com o mesmo número de clientes?

Escrito por Grupo Fatos

Aumentar receita e valorizar a empresa no mercado são os maiores desafios de todo empreendedor. Mas tão grande quanto a vontade, é a dificuldade em colocar isso na prática. O mercado é competitivo e as empresas a cada dia buscam maneiras de alavancar as suas receitas. Diante de tanta concorrência, a conquista de novos clientes é uma missão que exige a criação de diferenciais e requer muito investimento.

Isso significa, então, que o empreendedor que não tem capital para atrair novos clientes não tem como aumentar a sua receita? Não. A boa notícia é que existem algumas formas de aumentar o faturamento da empresa sem ter que, necessariamente, aumentar o número de clientes.

Quer saber como? Continue a leitura e veja 5 dicas práticas para faturar mais sem mexer na carteira de clientes.

Lifetime Value (LTV)

O Lifetime Value (valor do tempo de vida ao cliente) é uma maneira de o mercado medir o valor de vida útil do cliente — em outras palavras, o quanto um consumidor vale para uma empresa.

Basicamente, o LTV é medido considerando os valores gastos pelo cliente enquanto consumidor de uma empresa. Isso é muito útil para os empresários entenderem o real valor de cada cliente para o seu negócio.

Se o LTV for alto, significa que a empresa está aplicando de forma correta suas estratégias dentro do mercado. Mas se o LTV está baixo, é necessário que a empresa reavalie o seu relacionamento com os clientes e tome medidas a fim de atingir o índice desejado.

Como aumentar receita sem aumentar clientes

O aumento de receita passa por duas vertentes: o aumento das vendas ou a redução de custos (o que inclui ganhos de produtividade). Por esse motivo, o foco das ações deve ser a geração de valor para o cliente, gestão de equipes e estratégias de negócios.

Confira como fazer isso em 5 passos.

1. Obtenha a lealdade do cliente

Obter a lealdade do cliente é uma das formas cruciais de se manter uma receita de capital e, consequentemente, alavancar os ganhos. Um cliente pode usar ou experimentar um produto só por curiosidade, mas ele só se mantém fiel caso haja uma contínua apresentação de valor.

A fidelidade do cliente virá por meio de trabalhos bem-feitos de pesquisa e controle de qualidade. Às vezes, o consumidor não quer inovação ou mudança e sim a manutenção daquilo que já conhece e confia.

2. Treine, motive e foque a equipe de vendas

Os clientes não voltarão se o atendimento não for bom e receptivo. Um elemento-chave para aumentar a receita de uma empresa é saber como está o desempenho da equipe que lida diretamente com os clientes, pois eles, na maioria das vezes, são os “cartões de visita” da empresa.

Uma equipe de vendas desmotivada é sinônimo de baixa produtividade e diminuição nas receitas. Uma gestão eficaz, com uma liderança que estreite o relacionamento entre os gestores e colaboradores, é essencial nesse caso.

O gestor tem que trabalhar a competitividade da equipe, mas também tem que saber enxergar e entender as dificuldades, buscar soluções, dar objetivos alcançáveis, oferecer treinamentos, conhecimentos e projeções para seus funcionários. A equipe de vendas precisa estar sempre motivada, direcionada e qualificada para mostrar desempenho superior ao que a empresa espera.

3. Aumente o ticket médio

Um cliente comprar um determinado valor é bom, mas trabalhar para que esse mesmo cliente compre o dobro é muito melhor. Estratégias como Crosseling e Upselling ajudam muito na hora de impulsionar as compras.

  • Crosseling: quando a empresa oferece ao cliente um produto complementar àquele que já está sendo comprado ou pretendido. Por exemplo: em vez de levar simplesmente uma escova de dente, o consumidor pode levar um combo contendo uma escova, uma pasta de dente e um antisséptico bucal. Uma maneira de agregar valor à compra que o cliente já faria.
  • Upselling: quando a empresa oferece ao cliente uma opção mais completa do produto que o consumidor já está desejando. Por exemplo: em vez de o cliente comprar uma televisão normal de 32 polegadas, ele será apresentado a uma “Smart TV” 52 polegadas, com vários tipos de entrada e acesso à internet. Claramente um produto mais caro, mas que trará maior satisfação para o consumidor.

Grandes companhias ao redor do mundo praticam com maestria essas duas estratégias — as empresas de fast-food são exemplos de sucesso nesse quesito. É bom frisar, aliás, que nenhuma dessas técnicas se configuram como vendas casadas, práticas irregulares no mercado.

4. Aumente a frequência de compras dos clientes

Se o número de clientes é restrito por certo período, criar estratégias para que eles comprem mais vezes em menos tempo é uma ótima saída para aumentar a receita.

Por meio de pesquisas, conseguem-se dados para saber a frequência de compras dos clientes e quais produtos costumam consumir de maneira considerável. Depois disso, é preciso criar ações em cima dos produtos mais desejados e atrair os consumidores que já são fiéis a tais marcas e produtos, mas que só os consomem periodicamente.

Ações de marketing como promoção de preço, degustação e demonstração são ótimos exemplos de campanhas efetivas para atrair os clientes.

5. Alinhe os preços com o mercado (aumentar se necessário)

Isso pode ser até um pouco contraditório para alguns, mas aumentar o preço de determinados produtos também é uma estratégia para elevar as receitas. Logicamente, um aumento de preço não pode ser feito sem um trabalho prévio de pesquisa de mercado. O preço atrai o cliente, mas não fideliza.

Vale salientar que, aumentar o valor não significa encarecer o produto, pode ser que o preço trabalhado esteja abaixo do valor percebido pelo cliente. Se o mercado em geral trabalha com uma margem de preço em cima de determinado produto, uma empresa não estará encarecendo a sua mercadoria se começar a trabalhar em cima da mesma margem.

Com um preço mais justo para todos, a empresa poderá aumentar as suas receitas e ainda manter seus clientes com um trabalho bem-feito de fidelização.

Existem várias ferramentas e estratégias que ajudam a aumentar receita de uma empresa sem necessariamente conquistar novos clientes. Até porque o aumento de consumidores não significa crescimento financeiro. Se você deseja realmente ter clientes mais felizes e maiores lucros, entenda o seu público, crie relacionamento e gere lealdade, cuide para que sua equipe preste o melhor atendimento possível e teste para ver quais estratégias funcionam melhor.

E você, o que tem feito para aumentar a sua receita? Deixe seu comentário e conte para nós!

Sobre o autor

Grupo Fatos

Com mais de 20 anos de mercado e um atendimento de excelência, nos tornamos um Centro de Apoio ao Empreendedor, estruturado em unidades de negócios de diferentes áreas (Contabilidade, Consultoria, TI, Financeiro e RH), com soluções corporativas que permitem potencializar o futuro de nossos clientes.

Deixar comentário.

Share This