Recursos Humanos

10 dicas para contratar os melhores funcionários

Escrito por Grupo Fatos

Um antigo provérbio diz que, para um lenhador cortar uma árvore, primeiro ele precisa afiar o machado. Aplicando-o para o mundo corporativo, também podemos dizer que, para uma empresa ser bem-sucedida, precisa antes “afiar o machado” — ou seja, contratar funcionários eficientes.

Porém, encontrar e atrair um talento profissional não é tarefa fácil para pequenas e médias empresas. Se esse é o seu caso, como contratar bons funcionários? Neste post, separamos algumas dicas para lhe ajudar nesse processo. Acompanhe e confira!

1. Coloque sua empresa na vitrine

As instituições que projetam uma boa visibilidade para a própria marca costumam atrair excelentes profissionais, e um exemplo disso é a Google. Espalhando para os quatro ventos sua política interna, a corporação cria nos trabalhadores o desejo de serem contratados por ela.

Então, tente seguir essa receita. Para isso, use as redes sociais e divulgue os bastidores de sua instituição, compartilhe fotos e vídeos de eventos, do ambiente da empresa ou até pequenas entrevistas com os colaboradores, mostrando como é trabalhar na companhia.

2. Defina o perfil do profissional desejado

Este passo pode parecer muito óbvio, mas ainda é facilmente esquecido por recrutadores. Afinal, como você pode aplicar essa sugestão em seu processo seletivo?

Analise as seguintes perguntas: que tipo de profissional estou procurando? Qual atividade ele deverá realizar? Quanto de experiência no mercado de trabalho deve ter? Que nível escolar será exigido? Que qualidades serão essenciais para uma pessoa conquistar essa vaga?

Além disso, algumas empresas implantaram, por meio de um software, um sistema inteligente de recrutamento e seleção. Desse modo, conseguem cruzar informações sobre diversos candidatos e receber a indicação do profissional procurado.

3. Planeje o processo de seleção

Faça um planejamento minucioso de como será realizado o processo seletivo, pois a falta dessa elaboração afetará tanto a reputação da empresa perante os candidatos quanto tornará mais difícil contratar funcionários adequados.

Para isso, existem inúmeros métodos de seleção e recrutamento: entrevistas, testes escritos, dinâmicas em grupo etc. E, na hora de optar por uma dessas formas de recrutamento, analise se o método escolhido está em conformidade com o objetivo da contratação.

Por exemplo, será que testes escritos ajudariam o recrutador a escolher um bom programador para sua instituição? Não seria melhor uma avaliação prática, que testará os conhecimentos desse profissional?

Além disso, pense no que deseja extrair do seu candidato. Talvez você queira um profissional que tenha entusiasmo, por exemplo. Nesse caso, uma dinâmica de grupo poderá ajudá-lo a identificar essa habilidade entre os avaliados.

4. Use as redes sociais para contratar funcionários

As mídias sociais podem ajudar no processo de contratação de trabalhadores? A resposta é simples: sim, e muito. Pense, por exemplo, no LinkedIn, que te possibilita fazer uma busca minuciosa por profissionais.

No perfil do usuário estão informações acadêmicas, experiências profissionais, habilidades pessoais e linguísticas, recomendações de empresas em que o profissional trabalhou etc.

Agora, quer conhecer mais a vida pessoal de um candidato? O Facebook e o Twitter podem ajudar. Nessas mídias, as pessoas revelam muito sobre seu estilo de vida, seu tipo de personalidade, os assuntos que são do seu interesse e até como interagem com os outros.

Então, aproveite essa janela aberta para entender melhor os profissionais e saber se são o tipo de pessoa que você deseja inserir no ambiente da sua empresa.

5. Perceba se o candidato valoriza o trabalho em equipe

Com certeza, no processo para contratar funcionários, você encontrará currículos excelentes, mas eles não devem ofuscar um atributo essencial para um profissional: a capacidade de trabalhar em equipe.

Por isso, se tiver de escolher, prefira um candidato com menos qualificações profissionais a um individuo com muitas graduações, mas que não se relaciona bem com os outros.

Afinal, mudar uma personalidade difícil é mais trabalhoso do que incentivar alguém a se qualificar melhor. Além disso, um trabalhador que possui esse atributo contribuirá para um clima agradável dentro da organização, e estimulará a produtividade de todo o time.

6. Valorize as indicações

Mesmo com toda a modernidade implantada nas empresas, a antiga indicação ainda é muito vantajosa. Mas por que isso é importante? Bem, os seus colaboradores já conhecem a cultura interna da empresa e, por isso, poderão indicar pessoas que se ajustem a ela.

Além disso, essa prática amplia as possibilidades da empresa de contratar pessoas eficientes, uma vez que seus funcionários sabem que uma má indicação poderá manchar seus nomes na companhia.

7. Ofereça vantagens

O que sua empresa pode oferecer de benefícios para atrair bons profissionais? Isso também é importante. Sua companhia pode, por exemplo, conceder um dia de folga a mais para os funcionários que cumprirem sua meta semanal de trabalho.

Ainda, outra recompensa pode ser presentear uma viagem ou descontos em locais de entretenimento para o colaborador que se destacar durante o mês.

8. Peça referências

Mesmo que tenho observado o perfil do candidato no LinkedIn e lido vários elogios do seu trabalho por parte de antigos chefes, é importante entrar em contato com um deles e pedir maiores informações.

Durante a conversa, perguntas simples e diretas são as mais eficazes. Você poderá questionar, por exemplo, se o profissional tinha um desempenho acima ou abaixo da média dos funcionários da empresa.

Além disso, também vale saber em que áreas ele se destacava, e por que motivo se desligou da companhia. Tais perguntas farão o gestor contatado dar informações mais precisas sobre o candidato.

9. Aposte nos jovens

No geral, profissionais mais jovens têm menos vivência empresarial, mas podem ser excelentes contratações que inflamarão a produtividade da sua instituição.

Afinal, esse público é mais fácil de educar segundo a cultura da empresa e costuma ser cheio de ideias inovadoras, que foram fertilizadas pelo ambiente acadêmico.

Para atrair os jovens, sua empresa pode formar uma parceria com faculdades ou centros de ensino e avaliar quais estudantes têm o potencial desejado para a contratação.

10. Atente-se para uma recontratação

Consegue se lembrar de um bom funcionário que se desligou da sua companhia em busca de uma oportunidade melhor? O que acha de tentar recontratá-lo?

Agora, você talvez esteja se perguntando o que faria esse profissional querer voltar para sua empresa. Para isso, mostre o que mudou na instituição desde que ele saiu e ofereça vantagens — um aumento de salário, por exemplo — que o faça considerar essa proposta.

Caso ele aceite, o processo de seleção será menos trabalhoso e mais assertivo, pois se trata de um individuo já conhecido pela companhia.

Enfim, como vimos ao longo deste post, existem várias práticas que você pode usar para contratar funcionários de alto desempenho. E, ao adotá-las, você poderá obter uma equipe confiável para sua empresa.

E aí, gostou do post? Nossas dicas lhe ajudaram a entender como contratar funcionários talentosos? Então, aproveite para compartilhá-las nas suas redes sociais!

Sobre o autor

Grupo Fatos

Com mais de 20 anos de mercado e um atendimento de excelência, nos tornamos um Centro de Apoio ao Empreendedor, estruturado em unidades de negócios de diferentes áreas (Contabilidade, Consultoria, TI, Financeiro e RH), com soluções corporativas que permitem potencializar o futuro de nossos clientes.

1 comentário

Deixar comentário.

Share This