Crescimento

Contabilidade terceirizada ou contratada? Saiba como escolher

Escrito por Grupo Fatos

Se você chegou até aqui, é sinal de que busca maior controle econômico e organização financeira, sobretudo em meio à crise, não é mesmo? Parabéns! Você está a um passo de otimizar o futuro do seu negócio por intermédio da contabilidade! Agora, se ainda não conseguiu escolher entre a contabilidade terceirizada ou a contratação de um funcionário para gerir suas finanças, muita calma nessa hora! Confira este artigo imprescindível!

Terceirizar ou contratar?

A contabilidade terceirizada, assim como a contratada, possui particularidades específicas que serão tratadas a seguir.

Primeiro, examine com cuidado este passo a passo esclarecedor preparado para guiar sua decisão:

Avalie a complexidade

A complexidade gira em torno dos procedimentos internos que cada organização demanda. 

Normalmente, as pequenas empresas prestadoras de serviço, por exemplo, lidam com práticas menos complexas e costumam se encaixar perfeitamente na contabilidade terceirizada, em vez de montar uma equipe, o que costuma sair mais caro.

Enquanto aquelas que possuem técnicas incidentes de controle de estoques, sistemas de custeio e cargas tributárias ou pagamento de impostos sobre o que é produzido, por exemplo, tendem a lidar melhor com a contabilidade interna, contratada pelo próprio empreendedor devido à exigência maior de sua área contábil.

Considere o tamanho

Também é importante avaliar o ambiente no qual a empresa está inserida, bem como sua dimensão no mercado: quais são seus números e cálculos de faturamento, ou se existem unidades e filiais atuando em outros países, por exemplo.

Considere ainda o objetivo de expansão, mesmo em longo prazo, afinal, você pretende investir em novos produtos ou se planejar para atuar em outras localidades, por exemplo? 

Tente responder esses questionamentos e a partir daí considere a necessidade de terceirização ou a solução de criar uma equipe interna.

Observe os prazos

Já que no mundo dos negócios tempo é dinheiro, sua empresa costuma precisar de resultados contábeis em um curto período de tempo? Esse pode ser um indicativo para recorrer à contabilidade interna para evitar lidar com os demais clientes de um escritório de contabilidade.

E mais que isso: custaria caro receber a apuração dos resultados com atraso? Obviamente, um contador terceirizado comprometido com seu trabalho vai buscar cumprir os acordos combinados. 

Mas lembre-se de que, para oferecer uma assessoria emergencial, por exemplo, ele precisará adequar os diversos outros prazos da clientela que atende.

Garanta a confidencialidade

Outro ponto extremamente importante é o volume de informações confidenciais que alguns segmentos empresariais requerem. 

Se esse é o caso da sua organização, busque a confidencialidade embutida na terceirização da contabilidade, optando por contratos de sigilo na prestação do serviço.

Quando a terceirização é a melhor saída?

Após acompanhar este passo a passo elucidativo acerca da melhor decisão e considerar as particularidades da sua empresa, é hora de pensar nos custos que as alternativas podem gerar e nas possibilidades fornecidas por elas:

Investimento certeiro

Você deve ter percebido que a terceirização dos procedimentos contábeis parece ser mais econômica do que a criação de um setor específico para essa finalidade. Mas não necessariamente.

Na verdade, essa vantagem parte do pressuposto de que a contratação de um profissional inclui o salário e diversos encargos trabalhistas, enquanto terceirizar exige apenas o pagamento da prestação de serviço. Mas o ideal é avaliar além do parâmetro monetário, afinal, você estará lidando com uma empresa especialista no assunto.

Isso sem contar na melhoria dos processos conseguida com orientações mais atualizadas e um acompanhamento, de fato, mais eficiente do que feito por um profissional interno. Portanto, vale o investimento!

Exatidão necessária

Outra constatação do escritório contábil é um controle melhor acerca da previsibilidade dos lucros e sobre a necessidade de reduzir despesas de forma objetiva e prática.

Acontece que o contador pode fornecer cálculos exatos para tomar decisões mais assertivas, desde a advertência de gastos supérfluos até instrumentos indispensáveis para conquistar financiamentos e ampliar seu negócio.

Claro que contratar um profissional treinado também viabiliza tais demonstrações financeiras. 

Mas recorrer à terceirização desse ofício permite que você mantenha o foco na pontuação de crédito ideal para evitar suposições ou decisões equivocadas que a base de conhecimentos concretos do contador resguarda.

Atualizações valiosas

Além disso, outra vantagem da terceirização é manter-se antenado quanto às práticas contábeis que, no país, sofrem várias reformulações ao longo do ano. 

Portanto, nada melhor do que contar com uma equipe especializada para consultar sempre que necessário, fornecendo as novidades e orientações adequadas em conformidade com a lei.

Decisões judiciais

Outro ponto importante gira em torno de questões judiciais, como ações trabalhistas ou até falência, quando a representação de um escritório contábil costuma aumentar a credibilidade da empresa mediante a justiça graças à apresentação de provas em juízo.

Quais as responsabilidades técnicas destes profissionais?

Por falar em justiça, se você já está convencido de que a contabilidade terceirizada é o melhor caminho, saiba que ainda existem diferenças entre as responsabilidades do contador interno, contratado pela CLT, e o serviço terceirizado.

Obrigação legal

Como você já deve estar ciente, foi em 2003 que o novo Código Civil brasileiro instaurou a contabilidade como uma prática obrigatória para todas as corporações, independentemente do porte ou segmento, e padronizou o sistema contábil amparado pelas Normas Brasileiras de Contabilidade.

Diferença essencial

Com isso, a essência da diferença entre os dois tipos de serviços exercidos está, basicamente, na possibilidade do contador interno alegar pressão ou ter sido forçado a executar determinado registro financeiro e, assim, comprometer gerentes, sócios e acionistas do negócio.

Em contrapartida, ao contratar uma empresa contábil, o empresário evita qualquer tipo de acusação ou execução forçada, uma vez que a equipe terceirizada é a responsável pelas funções escriturárias, livre de qualquer ilegalidade por parte do contratante.

Riscos comuns

Assim, quanto ao nível de responsabilidade assumida pelo funcionário e pelo contador terceirizado, a pessoa jurídica contratada se torna responsável por qualquer prejuízo que possa causar para o cliente, respondendo com seu patrimônio por qualquer dano.

Dessa forma, a responsabilidade desse profissional resguarda sua empresa, oferecendo maior proteção e segurança, quesitos fundamentais para amparar sua escolha, não é mesmo?

Uma última dica, portanto, mas não menos importante, é verificar a regularidade da empresa junto aos conselhos Federal de Contabilidade e o Regional de Contabilidade, antes de terceirizar o serviço.

Você já descobriu a importância de comparar as características da contabilidade terceirizada e da contratação de uma contabilidade interna antes de escolher a melhor opção. Caso tenha restado quaisquer dúvidas, deixe seu comentário que teremos imenso prazer em retornar! 

Sobre o autor

Grupo Fatos

Com mais de 25 anos de mercado e um atendimento de excelência, nos tornamos um Centro de Apoio ao Empreendedor, estruturado em unidades de negócios de diferentes áreas (Contabilidade, Consultoria, TI, Financeiro e RH), com soluções corporativas que permitem potencializar o futuro de nossos clientes.

Comentar

Deixar comentário.

Share This