Recursos Humanos

Como desenvolver um código de conduta organizacional?

Escrito por Grupo Fatos

Neste momento que a questão da ética nos negócios tem sido tão alardeada pela mídia, desenvolver um código de conduta organizacional passou a ter uma grande importância nas empresas, independentemente de seu porte e de seu ramo de atividade.

Grandes corporações brasileiras têm, atualmente, reavaliado seus procedimentos internos e readequado seus códigos de conduta com o objetivo de melhorar a sua imagem perante a opinião pública e a imprensa de forma geral.

Mas como desenvolver um código de conduta organizacional? Como ele impacta positivamente em uma organização? Se você é um empreendedor ou um gestor e possui essas dúvidas, o seu lugar é aqui. Confira!

Mas afinal, o que é um código de conduta?

Código de conduta organizacional também é conhecido usualmente como código de ética. Ele serve para definir padrões de comportamento, procedimentos e maneiras de atuação dos colaboradores dentro e fora da companhia.

O código de conduta suprime qualquer dúvida em relação à natureza ética. Ele deve ser divulgado para todos os colaboradores e deve fazer parte da cultura organizacional da empresa.

É importante que no momento da admissão de um novo colaborador, o departamento de RH apresente o código e enfatize a sua importância e a sua relevância no dia a dia de todos os funcionários.

Os clientes, fornecedores, órgãos governamentais e fiscalizadores e a comunidade onde está inserida a empresa também devem ter conhecimento do código e devem contribuir para seu acatamento.

Como desenvolver um código de conduta?

A seguir vamos explicar alguns passos que são fundamentais para a confecção do código:

Criação de um comitê

Normalmente os códigos de conduta das empresas são definidos e determinados pela alta administração. Podem ser especificados durante a realização do seu planejamento estratégico ou em um comitê exclusivo para a sua criação.

Devem fazer parte deste comitê o mais importante dirigente da empresa e representantes do RH e do jurídico, bem como dos setores mais relevantes da companhia.

Após a aprovação do código, esse comitê pode ter uma atuação contínua avaliando e acompanhando as eventuais situações de desvio de conduta por parte dos colaboradores.

Apresentação do conteúdo

A apresentação do conteúdo do código deve ser clara, objetiva e direta, possibilitando o fácil entendimento por todos. Deverá ser constituído por frases curtas, porém bem explícitas.

Deve ser revisto por algum advogado, caso não tenha a presença de um no comitê, para avaliar a sua legalidade.

Conteúdo

O conteúdo do código de conduta deverá refletir as diversas relações que os colaboradores terão nas seguintes interlocuções:

  • com outros colaboradores;

  • com os superiores hierárquicos;

  • com os clientes;

  • com os fornecedores;

  • com os concorrentes;

  • com os acionistas;

  • com os candidatos a eventuais vagas;

  • com as comunidades onde a empresa está inserida;

  • com a imprensa e canais de comunicação:

  • com os órgãos governamentais;

  • com os agentes de fiscalização;

  • com o meio ambiente.

Todas essas relações deverão ser especificadas e normatizadas. Cada uma com a sua abrangência e importância dentro da atividade específica da empresa.

Discussão

Essas relações deverão ser discutidas entre os participantes do comitê de preparação do código. Dependendo do tamanho da empresa, sugere-se que um profissional ou uma empresa de consultoria participe como mediadora das reuniões de debate. Isso acelera e direciona o embate entre os integrantes.

Como divulgar o código de conduta organizacional?

Após a confecção do código de conduta organizacional, o documento deve ser impresso para ser distribuído para todos os funcionários. Algumas empresas que possuem intranet — rede interna na empresa com as mesmas características da internet — optam por divulgar em meio digital. Isso é mais barato e rápido.

Porém, é importante que o departamento de RH fique com um comprovante de que o colaborador recebeu e está ciente do código de conduta. Para efeito de eventual penalização por deslize de conduta, é importante que a empresa esteja preservada e tenha como demonstrar que o funcionário tinha ciência do código.

Mesmo na intranet é possível registrar que o colaborador recebeu e leu o documento. É só colocar um botão que será acionado por ele para confirmar a leitura.

Como já dito, nas novas admissões, o departamento de RH deverá apresentar o código, pedir a confirmação de recebimento e leitura e tirar todas as dúvidas dos novos colaboradores.

Quais os impactos positivos na empresa?

Vários pontos positivos são percebidos após a geração e divulgação de um código de conduta. Vamos listar alguns:

Melhoria da imagem

A implantação de um código de conduta traz para a empresa uma melhora na sua imagem perante todos os componentes de sua rede de relacionamento.

Mostra a sua cultura organizacional e os procedimentos que todos devem seguir. Nesta época de utilização intensa das redes sociais, apresentar-se de maneira ética e correta só agrega pontos positivos à empresa.

Padronização dos relacionamentos

Normatizar e padronizar os relacionamentos são outros pontos positivos para as corporações. Definir qual a conduta perante todos os interlocutores transmite uma seriedade e uma responsabilidade para todo o ecossistema no qual a empresa habita.

Possibilidade de diagnóstico de desvio de conduta

Com a utilização do código de conduta é possível o acompanhamento, a avaliação e a punição de eventuais desvios de conduta.

Para tal a empresa fica preservada e autorizada a tomar medidas drásticas com aqueles colaboradores que não se enquadram nas regras estabelecidas. Isso não deve ser o objetivo, mas precisa ser utilizado quando os deslizes forem cometidos.

Normalmente, para o acompanhamento, é montado um comitê de conduta ou de ética que tem como objetivo avaliar as denúncias que foram registradas de forma sigilosa. Punições devem ser previstas, mas o propósito deve ser sempre o de educar e conscientizar os colaboradores.

Esse comitê de acompanhamento deve ser renovado constantemente a critério de cada empresa. É importante que seja composto por pessoas de boa reputação e de excelente caráter.

Segurança institucional

Um código de conduta traz a reboque uma segurança institucional para os colaboradores que seguem seus preceitos. Isso é importante principalmente quando há um relacionamento com interlocutores externos.

Agora que você já viu como desenvolver um código de conduta organizacional e como ele impacta positivamente na sua empresa, curta nossa página no Facebook e ajude-nos a divulgar assuntos relacionados à contabilidade e às soluções corporativas!

Sobre o autor

Grupo Fatos

Com mais de 20 anos de mercado e um atendimento de excelência, nos tornamos um Centro de Apoio ao Empreendedor, estruturado em unidades de negócios de diferentes áreas (Contabilidade, Consultoria, TI, Financeiro e RH), com soluções corporativas que permitem potencializar o futuro de nossos clientes.

Deixar comentário.

Share This