Crescimento

Auditoria de Due diligence: saiba já como fazer

Escrito por Grupo Fatos

Se você está precisando avaliar os riscos da sua empresa e estudar estratégias seguras de ação, precisa entender mais sobre a auditoria de Due diligence e o quanto ela pode ser vantajosa para o seu negócio.

Enquanto a auditoria comum visa levantar as ações da sua empresa para verificar se elas estão em conformidade com a lei e se estão indo de encontro aos seus objetivos, a auditoria de duo diligence vai muito além disso e proporciona tanto segurança como oportunidades.

Para que você entenda o que é essa prática e como ela pode ser colocada em prática no seu negócio, leia o texto com atenção.

O que é auditoria de Due diligence?

O Due diligence, termo que vem do inglês e significa diligência prévia, é um procedimento adotado pelas empresas com o intuito de avaliar os riscos dos negócios em geral.

Enquanto a auditoria comum acontece após a realização das ações e tem a finalidade de conferir a legalidade delas, sugerindo alterações que beneficiem a gestão da empresa, a auditoria due diligence acontece antes que os problemas apareçam.

Por meio de um estudo aprofundado dos aspectos contábeis, trabalhistas, previdenciários, jurídicos e patrimoniais da empresa, os profissionais responsáveis conseguem fazer um diagnóstico completo da situação financeira e apresentar estratégias para a melhoria dos lucros e para o aumento da segurança.

Como realizar de forma correta?

Para que a auditoria due diligence seja realizada de forma completa e eficaz é preciso que ela abarque todas as atividades da empresa e analise os documentos e demonstrações contábeis, os passivos já assumidos, os valores a serem recebidos em parcelas, o patrimônio imobiliário, os aspectos tributários etc.

Também é importante que ela analise o passado, o presente e o futuro, fazendo projeções de mercado e pesquisas sobre possíveis riscos ou instabilidades.

Por ser assim, é essencial contar com a ajuda de profissionais qualificados, que entendam do assunto e que sejam da sua inteira confiança.

Como o trabalho é complexo, provavelmente ele vai envolver profissionais de diversas áreas, especialmente contadores e advogados.

Lembre-se: antes de abrir todas as informações da sua empresa para um profissional, é essencial que você sinta segurança no trabalho dele e assine um contrato envolvendo cláusulas de confidencialidade.

Isso é essencial porque é uma garantia de que todas as informações acessadas durante a realização do trabalho serão mantidas em sigilo por parte de todos os envolvidos.

Quais as etapas da auditoria de Due diligence?

Os profissionais que forem realizar o trabalho em sua empresa adotarão três etapas básicas: motivação, prática e resultado.

Motivação

A primeira etapa, chamada de motivação, corresponde ao relacionamento do auditor com a equipe interna da sua empresa, para que ele possa compreender melhor como as coisas funcionam, quais são as regras e estratégias adotadas para as ações rotineiras etc.

Isso é essencial para que os caminhos sejam abertos e a relação fique mais próxima e colaborativa.

Prática

A prática, por sua vez, demanda a análise de diversos documentos, entre eles:

  • contrato social;

  • livros fiscais;

  • demonstrações financeiras;

  • balanços;

  • certidões fiscais;

  • informações sobre ativos e passivos;

  • relação de imóveis;

  • informações sobre funcionários: salários, cargos, benefícios etc;

  • informações sobre passivos trabalhistas, acordos com sindicato ou ações judiciais;

  • cópias das atas de reuniões;

  • declarações do Imposto de Renda;

  • comprovantes de operações contábeis e de pagamentos de tributos;

  • relação de órgãos diretamente ligados à sua atividade e de legislações específicas que regem o seu ramo de atuação.

Com tudo isso em mãos, pode ser que ainda seja necessário consultar informações em órgãos públicos ou em empresas privadas que possuam relação contratual com a sua.

Portanto, antes de começar o trabalho, organize-se. Localize tudo que precisa, verifique os arquivos, peça levantamentos aos setores responsáveis e revise várias vezes para ter certeza de que nada está ficando de fora.

Essa etapa demanda tempo e exige muita técnica e muito estudo. Só assim a terceira etapa, conhecida como resultado, será eficaz.

Resultado

O resultado virá com estratégias importantes para o seu negócio e com informações sobre possíveis riscos, possíveis segmentos para investimentos seguros, ações para redefinição da empresa no mercado e muito mais.

Isso vai depender, claro, do seu objetivo inicial. Você pode fazer por segurança própria, visando alguma fusão, cisão, venda, transferência etc.

Também é possível fazer essa auditoria com o intuito de conhecer a sua situação e fazer uma comparação com a concorrência. Nesses casos, as informações sobre eles também deverão ser passadas ao auditor no momento da prática.

Tenha em mente que o motivo estando claro para o profissional logo no início do processo, com certeza o resultado certamente será bem objetivo e você terá um ótimo material em mãos para dar os próximos passos com tranquilidade.

Por que é importante realizar a due diligence?

Ao levantar todas as informações sobre a sua empresa, você terá conhecimento real da viabilidade dele no mercado e terá mais segurança para realizar novos investimentos, por exemplo.

Além disso, ele permite que você levante eventuais falhas na execução das atividades ou fraudes por parte de funcionários, fornecedores ou clientes.

Entender como o seu negócio funciona, como o mercado responde às suas ações e como você pode melhorar é essencial para a avaliação das oportunidades e também para o aumento da sua credibilidade perante terceiros.

Qual o melhor momento para começar?

Você pode dar início a uma auditoria de due diligence quando for realizar alguma transação que envolva muito investimento financeiro, quando quiser saber se o seu negócio tem viabilidade futura, quando quiser fazer alguma fusão ou cisão empresarial etc.

É interessante ressaltar, contudo, que ainda que você não tenha nenhum desses objetivos em mente, realizar o procedimento pode ser interessante pela possibilidade de estudar estratégias para a melhoria do negócio e para a realização de novos projetos.

Apesar de tomar um tempo e envolver muitas pessoas, a auditoria de Due diligence permite que você torne o seu negócio sustentável para o futuro. Então não perca tempo e comece já!

Gostou do texto e quer saber mais sobre o assunto? Então entre em contato com o Grupo Fatos e converse com profissionais qualificados.

Sobre o autor

Grupo Fatos

Com mais de 25 anos de mercado e um atendimento de excelência, nos tornamos um Centro de Apoio ao Empreendedor, estruturado em unidades de negócios de diferentes áreas (Contabilidade, Consultoria, TI, Financeiro e RH), com soluções corporativas que permitem potencializar o futuro de nossos clientes.

Deixar comentário.

Share This