Finanças

Entenda de uma vez por todas a diferença entre Receita, Lucro e Caixa

Escrito por Grupo Fatos

Você que tem uma empresa ou não, deve ter se perguntado a diferença entre Receita, Lucro e Caixa, correto? Isso acontece bastante no dia a dia empresarial, já que muitos empresários confundem os termos vez ou outra.

De fato, ambas as palavras são familiares e têm ligação com um negócio, por isso é importante entender o significado de cada uma, seja no começo do empreendimento ou para quem já tem empresa aberta.

Continue a leitura deste artigo e descubra tudo sobre esses termos do mercado financeiro, assuntos essenciais ao sucesso de qualquer companhia. Vem conosco!

Por que devo aprender sobre esses conceitos?

Mesmo você gostando ou não do setor de finanças, não dá para ignorar esse tipo de assunto, pois compreender o que é Receita, Lucro e Caixa lhe permite conhecer melhor seu estabelecimento, te ajudando ver o seu andamento. 

Além disso, é possível planejar com maior cautela, obtendo resultados satisfatórios.

Em resumo, você como empresário precisa estar a par do básico sobre o mercado financeiro, porque é necessário saber agir em situações difíceis, como crises financeiras e imprevistos.

Manter uma boa gestão financeira evita problemas como a falta de controle dos valores, onde muitas movimentações são feitas e não se consegue dispor desse montante em um relatório ou arquivo, por exemplo.

Igualmente, saber separar o lucro líquido, caixa e receita líquida ajuda a ter um panorama real da saúde do empreendimento, o que previne dívidas a curto e longo prazo. 

Depois disso, sigamos então para a definição de cada termo.

Definição de Receita

A receita é todo e qualquer tipo de entrada de valores advindo da sua atividade profissional, independente se é uma entrada principal ou secundária.

Desse modo, se você fizer um empréstimo bancário, por exemplo, esse dinheiro não pode ser contado como receita; do mesmo jeito, se os sócios inserirem valores na empresa, isso também não conta como receita. 

O motivo? São montantes que não são provenientes da atividade desenvolvida no seu negócio.

Definição de Lucro

Muitos empresários confundem a definição de Lucro com receita, mas eles não são iguais. O lucro não é total de dinheiro adquirido com a venda de produtos ou prestação de serviços. 

Ele é um total que tem subdivisões, podendo ser bruto ou líquido. Entenda melhor a seguir.

Lucro Bruto

O Lucro Bruto considera a receita subtraída dos custos provenientes da sua atividade profissional. Isto é, falamos somente dos custos de operação. Aqui não se contabiliza salários, pagamento de contas de luz e água e telefone.

Neste caso, se você trabalha com marketing digital, os anúncios pagos são descontados e incluídos como investimentos.

Afinal, mesmo que você seja um afiliado ou mesmo produtor, esses gastos entram como custos da sua empresa, decorrentes da venda do seu trabalho.

Lucro Líquido

Por outro lado, o Lucro Líquido nada mais é que o total de receita tirando as despesas, como quitação de impostos, trabalhos administrativos e pagamento dos colaboradores.

Logo, dentro do Lucro existem duas vertentes: o Lucro Bruro e o Lucro Liquido. Lembrando que essas duas definições possuem análises diferentes, daí a relevância de prestar atenção em cada uma.

Uma ocorrência frequente é observar se os custos que estão sendo gerados estão batendo com as receitas; da mesma forma, é fundamental refletir se o negócio requer a injeção de novos investimentos a fim de chegar naquela receita.

Definição de Caixa

Apesar de todo mundo pensar que o caixa é aquele dinheiro que fica guardado na gaveta, ele não representa apenas isso. 

Na verdade, o caixa pode até ser somente isso dependendo do porte do seu negócio, mas de forma objetiva, o caixa é a quantia disponível na empresa para pagar as despesas recorrentes.

O caixa e sua relação com o resultado financeiro

Muitas companhias pecam na falta de um planejamento financeiro adequado que as coloque no regime tributário o qual recolher menos impostos. Com isso, elas pagam a mais e sofrem para fechar as contas no fim do mês.

Ainda assim existem empresas que optam por se manterem no prejuizo mas em abrir mão do crescimento, como aborda o tópico seguinte. 

A empresa tem prejuízo mas continua crescendo. Como é possível?

Isso acontece quando há uma modalidade de receita em que o negócio tem a atividade principal como centro das operações, sempre em ascensão. 

Também pode acontecer de a empresa receber algum subsídio financeiro para cobrir essas despesas em excesso.

Nesse caso, os sócios já estão preparando o valor que a organização terá no futuro, o chamado valuation, que é quando o empreendimento fica à venda e o empresário precisa atribuir um valor para os possíveis compradores.

Ou seja, os donos estão investindo recursos visando uma negociação da instituição por um preço bem valorizado.

E então, entendeu o que é Receita, Lucro e Caixa?

De bate-pronto, podemos dizer que a Receita é dinheiro que entra, o Lucro é o que sobra depois dos gastos e o Caixa é a quantia disponível na empresa.

Agora que sabemos o que são cada um dos termos financeiros, não é momento de parar. Pelo contrário: como bom empresário, é preciso estudar sempre as tendências do segmento de atuação, haja vista que atualizações são frequentes no empreendedorismo.

Além do mais, tendo conhecimento acerca do cenário, você saberá qual o melhor caminho a ser trilhado, qual rumo sua empresa está tomando e se é necessário um novo investimento e/ou mudança mais drástica.

Tudo isso facilita a tomada de decisões e possibilita confiança e ferramentas para reverter problemas em tempo hábil.

Conclusão

Como vimos, independente do tamanho do seu negócio, seja ele, pequeno, médio ou de grande porte, é essencial saber a diferença entre Receita, Lucro e Caixa. 

De fato, ambas são “parecidas” dentro do contexto financeiro, o que requer ainda mais cuidado e atenção.

Cada uma tem sua importância dentro da estratégia de vendas e por isso o empreendedor precisa estudar o mercado, pois assim ele será capaz de usar cada uma dessas palavrinhas a favor do seu estabelecimento.

Para continuar antenado sobre o mundo dos negócios, sugerimos a leitura deste outro artigo do nosso blog, que fala sobre os custos para começar uma nova empresa.

Aproveite também para acessar nosso site e descubra como o serviço de contabilidade estratégica pode ser útil ao seu progresso empresarial.

Sobre o autor

Grupo Fatos

Com mais de 25 anos de mercado e um atendimento de excelência, nos tornamos um Centro de Apoio ao Empreendedor, estruturado em unidades de negócios de diferentes áreas (Contabilidade, Consultoria, TI, Financeiro e RH), com soluções corporativas que permitem potencializar o futuro de nossos clientes.

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This