Finanças

Devo ter um sistema financeiro no início da empresa?

Escrito por Grupo Fatos

A resposta mais curta para essa pergunta é sim, você deve ter um sistema financeiro, ainda mais se for sua primeira vez no mundo dos negócios. Um software desse porte vai facilitar muito o controle financeiro de seu negócio, impedindo diversos problemas relacionados a esse setor.

Além disso, se sua escolha for assertiva no começo, é provável que esse sistema acompanhe o crescimento de sua empresa, dado que se ele se aplica bem a pequenas empresas, também vai servir para médias e grandes.

Quer conhecer mais sobre sistemas financeiros para empresas? Aproveite para ler este conteúdo!

O que é um sistema financeiro?

Um sistema financeiro é um programa que vai acompanhar a movimentação de dinheiro na empresa. Ou seja, ele contempla todas as movimentações, tanto de entrada quanto de saída, facilitando controlar as finanças.

Quando falamos em pequenas empresas, nos vemos obrigados a fazer um alerta: jamais misture o dinheiro da empresa com o dinheiro pessoal. 

Você deve retirar a quantia do seu pagamento, e nada a mais que isso. Se esse cuidado não for tomado, seu financeiro ficará em péssimas condições.

Quais as diferenças entre os sistemas para pequenas e grande empresas?

Em resumo, a mudança costuma acontecer no formato do programa, dado que as pequenas empresas usam sistemas online, e as grandes empresas optam por programas instalados localmente.

No demais, pode haver um recurso ou outro a mais para as grandes empresas, mas são pequenos complementos que já podem estar disponíveis – ou serem comprados à parte – na plataforma.

Por isso é interessante escolher uma boa plataforma logo no início do negócio.

Quais são os benefícios de investir em um sistema financeiro?

Existem diversos benefícios de investir em um sistema financeiro. Os mais interessantes para as empresas são os seguintes:

Redução de custos

Embora o sistema seja um investimento, o qual vai se tornar um custo permanente, ele consegue retornar muito mais que o valor investido.

No caso, tomando como base um sistema integrado, ele vai informar todos os fluxos de dinheiro do negócio, onde será possível saber, exatamente, onde os recursos da empresa estão sendo aplicados.

Dessa forma, fica fácil encontrar pontos para reduzir custos, assim como otimizar processos internos.

Previsão financeira

Ao trabalhar com um sistema de qualidade, sua empresa consegue, de certa forma, realizar previsões financeiras com base em análise de dados. Isso só é possível devido à coleta e armazenagem de dados por parte da empresa – que são processos automáticos nos sistemas.

Planejamento estratégico

Uma consequência direta da previsão financeira, somada aos dados coletados, é o planejamento estratégico.

Em resumo, esse planejamento visa analisar o cenário atual da empresa para pensar em soluções e ações no futuro. Ele é feito com base no lucro desejado, quantificando os faturamentos, custos e investimentos para atingir o valor de interesse.

Essa etapa é crucial para todos os negócios que querem ir longe!

Evita a inadimplência

O sistema ajuda a evitar a inadimplência tanto da empresa quanto por parte dos compradores. 

Como todas as datas e quantias ficam registradas, pode-se tomar atitudes para lembrar os consumidores do pagamento, ou se organizar para compromissos financeiros. Dessa forma, seu negócio evita o endividamento, ao passo que otimiza o sistema de cobrança.

Otimização da tomada de decisão

Um ponto muito importante diz respeito à tomada de decisão. Quando se é uma pequena empresa, qualquer quantia importa, dado que não se tem muitos recursos.

Dessa forma, saber quais são os produtos que desempenham bem vai auxiliar a aumentar o lucro líquido do negócio, ao passo que ajuda a escolher qual caminho tomar, quando essa questão surgir.

Evita perder tempo com o financeiro

Um dos maiores problemas de quem está começando é o tempo. Infelizmente, só temos 24 horas por dia, as quais muitas vezes não são suficientes para cuidar de todas as demandas do negócio.

Dessa forma, quando você usa um sistema automatizado no financeiro, acaba por remover essa tarefa de sua agenda, deixando mais espaço para atividades que realmente fornecem algum retorno para o negócio.

Passa confiança aos investidores

Existem muitos investidores em busca de negócios lucrativos para investir. Chamar a atenção deles pode significar uma enorme vantagem para sua empresa, tanto pelo investimento financeiro quanto pelos auxílios da parceria.

Quando você trabalha com um sistema financeiro, todo o fluxo de dinheiro do negócio fica na palma de sua mão. Assim, você pode mostrá-lo para investidores interessados, facilitando na hora de conseguir apoio.

Além disso, ter um sistema para cuidar do financeiro é uma prova de maturidade empresarial, dado que é um dos passos fundamentais para o crescimento do negócio.

Como escolher um bom sistema financeiro?

Agora que você conhece os benefícios de um sistema financeiro, vamos explicar alguns passos para acertar na escolha. Veja algumas dicas importantes!

Escolha o sistema com opções de integração

Existem muitos programas no mercado, sendo que cada empresa fornece uma solução diferente. Ou seja, algumas vão focar na forma de aquisição de dados, outras se preocupam mais com a apresentação de informações, e ainda tem aquelas que fazem um pouco de tudo.

Para quem está começando, o ideal é buscar pelo sistema mais completo possível, principalmente no que tange à integração.

Analise a periodicidade de atualizações do sistema

Um dos pontos fundamentais de um bom sistema de gestão é sua atualização.

Empresas de sistemas maduras tendem a lançar menos atualizações que empresas iniciantes, dado que é necessário alterar menos elementos no programa. 

Então, se uma empresa for nova no mercado, mas não realiza atualizações com frequência, é melhor checar o programa antes de fechar negócio.

Cheque se o suporte da empresa é bom

Por fim, todos os programas de computadores, sem exceção, sofrem com defeitos. Um exemplo disso são os produtos da Microsoft que, embora estejam a décadas no mercado, às vezes sofrem com problemas sérios – e até de segurança, como aconteceu com o Edge.

Nesses momentos, é importante que a empresa responsável pelo sistema tenha um ótimo suporte.

E se uma empresa cuidasse dessa parte financeira de minha empresa?

Muitas empresas optam por terceirizar sua área financeira, permitindo que o empresário possa focar no core business do seu negócio. Esse tipo de serviço é chamado BPO Financeiro, do qual o Grupo Fatos é especialista.

Se você acabou de abrir uma empresa, investir em uma consultoria vai te impulsionar nesse momento inicial. Se precisar de ajuda, entre em contato com nossos especialistas!

Sobre o autor

Grupo Fatos

Com mais de 25 anos de mercado e um atendimento de excelência, nos tornamos um Centro de Apoio ao Empreendedor, estruturado em unidades de negócios de diferentes áreas (Contabilidade, Consultoria, TI, Financeiro e RH), com soluções corporativas que permitem potencializar o futuro de nossos clientes.

Deixar comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share This