Tecnologia

Descubra agora 7 benefícios da terceirização de TI

Escrito por Grupo Fatos

Muitos gestores optam pela terceirização como forma de otimizar suas atividades. Apesar disso, alguns ainda têm dúvidas sobre sua verdadeira eficácia. Com a reforma trabalhista de 2017, as empresas podem terceirizar até mesmo sua atividade principal, o que não era permitido antes — somente atividades-meio podiam ser terceirizadas.

O setor de tecnologia da informação (TI), por exemplo, pode ser terceirizado. Com isso, a empresa vai usufruir de atendimento especializado e de melhor controle de qualidade dos serviços prestados, pois terá profissionais capacitados nessa área para desenvolver suas atividades.

Quer saber mais sobre o assunto? Descubra, a seguir, sete benefícios da terceirização de TI! Boa leitura!

1. Redução de custos

O Brasil (e o mundo também) atravessa uma crise econômica, decorrente de fatores financeiros e políticos. Além disso, as empresas também podem passar por crises internas. E, para enfrentá-las, uma das melhores soluções é a redução de custos.

Ter uma equipe interna de TI pode representar gastos elevados para uma empresa que esteja com problemas econômicos. Afinal, um setor próprio de TI envolve, além de profissionais qualificados, equipamentos modernos e softwares que constituem ferramentas de trabalho para os funcionários.

Há gastos com remuneração, encargos trabalhistas, benefícios, seguro-saúde e outros. Alguns são inerentes à contratação e representam o ônus de manter uma equipe que atenda às necessidades internas da empresa.

Se forem contratados poucos funcionários para evitar gastos, eles podem ficar cansados rapidamente. A terceirização de TI, então, é uma solução para ter uma equipe grande e gastar menos.

2. Aumento da eficiência

Um setor interno de TI pode sofrer diante de muitas demandas diárias. Isso acarreta algum nível de esgotamento e, consequentemente, queda na produtividade. O desenvolvimento das atividades fica mais difícil e cansativo e os funcionários podem manifestar insatisfação com o trabalho.

A terceirização de algumas áreas de TI contribui para que o setor interno fique voltado para as estratégias necessárias ao negócio. Isso aprimora a eficiência interna e dá margem para que outras atividades importantes sejam desenvolvidas. Entre as tarefas que podem ser terceirizadas está a gestão da infraestrutura. 

Quando a equipe interna divide as tarefas com profissionais externos tem mais confiança de que as demandas serão atendidas dentro do prazo estipulado. Isso os motiva e aprimora os níveis de produtividade.

3. Mais segurança

Com os recursos tecnológicos apropriados, a empresa pode ser beneficiada de diferentes maneiras. Se o setor de TI tiver muitas vulnerabilidades, por exemplo, elas podem servir para que hackers e outras pessoas de má-fé invadam os sistemas e causem prejuízos à empresa.

Um exemplo recente é o do canal HBO. A emissora de televisão norte-americana teve seus servidores invadidos e muitas informações foram roubadas — aproximadamente 1,5 TB de informações.

Uma boa empresa terceirizada que desenvolve trabalhos em TI certamente tem experiência em segurança da informação. Esse cabedal de conhecimentos geralmente é superior ao de uma equipe interna, pois a empresa trabalha em diversos projetos e leva sua experiência para a empresa contratante.

4. Controle de serviços

Nem sempre é uma tarefa simples extrair do departamento de TI a totalidade das informações necessárias para se certificar de que tudo tem funcionado corretamente. A maior parte dos gestores não tem formação na área e, portanto, não está preparada para atuar perante a falta de dados ou não consegue analisá-los da melhor forma.

A terceirização de TI permite que a equipe externa apresente relatórios minuciosos com dados atualizados e procure sempre melhorar a qualidade dos serviços. Informações mais claras ajudam o gestor da empresa-cliente a tomar decisões mais bem fundamentadas e exatas, a partir de números mais precisos.

5. Retorno sobre o investimento (ROI)

Nenhuma empresa pensa somente em ter custos aleatórios. Sua finalidade principal é investir capital, ou seja, aplicar dinheiro em algum projeto, produto ou serviço que dê retorno financeiro ou contribua, de alguma forma, para a melhoria do negócio.

A função de uma empresa terceirizada que presta serviços de TI é reduzir custos e avaliar frequentemente os processos que desenvolve. Por isso, ela procura aprimorar continuamente seu trabalho, sempre por meio de novas soluções, bem como ajustar a empresa-cliente às inovações tecnológicas que surgirem com o decorrer do tempo.

Assim, pode-se esperar um retorno certo sobre o investimento inicial. Ele é representado pela contratação de uma equipe de TI especializada, por meio do melhor desempenho das operações terceirizadas.

6. Conhecimentos específicos

Os profissionais especializados em tecnologias têm custos mais elevados de contratação. Além disso, eles nem sempre estão disponíveis, ou seja, há poucos deles no mercado.

Uma solução para a empresa é capacitar funcionários internos para fazer as atividades ligadas ao setor de TI. Isso, porém, pode sair muito caro e levar tempo, a depender da profundidade de conhecimento específico que os funcionários precisem alcançar.

As empresas que prestam serviços de TI, por sua vez, estão habituadas a interagir com os mais diversos locais de trabalho, em empresas de praticamente todos os segmentos da economia. Dessa forma, os conhecimentos específicos dos profissionais são muito abrangentes e podem ser oferecidos à empresa-cliente sem que ela precise fazer um investimento alto para usufruir desse privilégio.

7. Qualidade dos serviços

Depois de falar sobre o nível de conhecimento dos profissionais externos, pode-se afirmar que a terceirização de TI resulta na entrega de serviços de alta qualidade. Afinal, são desenvolvidos por profissionais engajados no que fazem e comprometidos com seu trabalho.

Além do mais, a entrega de bons serviços pode ser assegurada em contrato. Após fechar um acordo com a empresa terceirizada, a empresa-cliente tem um período para solucionar eventuais problemas, como a indisponibilidade de serviços. No caso de um setor interno de TI, essa situação não é contemplada de forma clara no contrato.

A qualidade dos serviços pode ser mensurada por meio dos relatórios que a empresa terceirizada entrega ao cliente. Esses documentos contêm todas as informações necessárias e relacionam todas as operações desenvolvidas em um determinado espaço de tempo.

A terceirização de TI é, então, uma boa solução para empresas que querem cortar custos e aumentar a produtividade do negócio. O segredo está em encontrar uma boa empresa prestadora de serviços. 

Está interessado em terceirizar seu departamento de TI? Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudá-lo nesse processo!

Sobre o autor

Grupo Fatos

Com mais de 25 anos de mercado e um atendimento de excelência, nos tornamos um Centro de Apoio ao Empreendedor, estruturado em unidades de negócios de diferentes áreas (Contabilidade, Consultoria, TI, Financeiro e RH), com soluções corporativas que permitem potencializar o futuro de nossos clientes.

Deixar comentário.

Share This